Veja dicas para não ser vítima dos golpes do auxílio emergencial

<div><img src="https://img.r7.com/images/golpes-na-internet-30072020150000839?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>As pessoas que estão se cadastraram no Governo Federal para receber o auxílio emergencial durante este período de pandemia estão sendo vítimas de golpes na internet.&nbsp;Com acesso a dados pessoais vazados ou roubados de vítimas, fraudadores são capazes de solicitar ou roubar o dinheiro antes de qualquer ação do beneficiário. Veja algumas dicas da Kaspersky, empresa especializada em cibersegurança, para se proteger da ação de criminoso</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/golpes-na-internet-30072020150501137?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Uma das maneiras de atrair as vítimas para um golpe é pelo envio de um e-mail oferecendo ajuda para o cadastro ou liberar o benefício. Uma forma de identificar um possível envio é pelo endereço de quem fez o envio, que pode tentar parecer com um contato oficial da Caixa Econômica. Erros de português no texto também podem indicar a ação de criminosos&nbsp;<b></b><br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/golpe-internet-30072020151048479?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Os links falsos são outra forma de atrair vítimas para golpes. Não abra os links enviados por e-mail ou por aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Telegram. Os anexos enviado juntamente com um e-mail suspeito também devem ser evitados para evitar o risco&nbsp;</p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/golpes-internet-30072020150846322?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Para não acessar sites falsos que foram criados especialmente para aplicar golpes, digite o site do órgão em questão no navegador do celular ou do computador. Caso suspeite da aparência da página, não insira dados ou clique em qualquer item exibido&nbsp;<br></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/golpes-na-internet-30072020150501269?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Os criminosos também pode induzir a vítima a fazer pagamentos ou depósitos de supostas taxas cobradas para liberar o benefício. Nem os departamentos do governo e nem os bancos fazem esse tipo de cobrança<b></b></p></div><div><img src="https://img.r7.com/images/golpes-na-internet-30072020150501414?dimensions=660×440&no_crop=true"><p>Se possível, use um antivírus para ter alguma barreira de proteção no computador ou no celular. Algumas versões gratuita oferecem uma proteção contra e-mial maliciosos e páginas criadas para o roubo de dados do usuários, o chamado phishing</p></div>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *